COMO AJUDAR? ITAÚ AG.0028 CC 10607-8 BRADESCO AG. 0214-3 CC 87785-9

É impossível não se

Apaexonar

Apae.

Uma trajetória de lutas e conquistas.

IDENTIFICAÇÃO
APAE – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Valinhos
Rua Fioravante Agnello,1669 – Jardim Maria Ilydia
Fone: (19) 3303 4500 / Fax - 3303 4518  
Email: secretaria@apaedevalinhos.org.br
CNPJ: 44.635.290/0001-15
Inscrições nos Conselhos de Direito: CNAS, PRÓ-SOCIAL, CMDCA, CMAS, CMDI, CMDM, CMS, CMPD, CME, CMME, GEIVAC

Presidente: EDSON MANZANO

Vice - presidente: LUIS ROBERTO ROSON

 
Histórico
Fundada em 11 de abril de 1971, por Padre Leopoldo Petrus Van Liempt, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Valinhos é uma entidade de utilidade pública Municipal, Estadual e Federal de carater filantrópico, cujo objetivo é oferecer atendimento especializado às pessoas com deficiência intelectual ou múltipla. É mantenedora da Escola de Educação Especial "Maria Antonia Celani", com programação pedagógica especializada, com legalidade dos cursos oferecidos de Educação Infantil, Ensino Fundamental, Educação de Jovem e Adulto e Educação Profissional, reconhecidos pelo MEC desde 1986.
Hoje a Entidade está instalada em sua sede própria, numa área de 12 mil metros quadrados e atualmente atende aproximadamente 330 pessoas entre 0 e 65 anos de idade em diversos programas.
 
Missão
A Missão da APAE de Valinhos é promover e articular ações, atendimento especializado e apoio à família, visando a melhoria da qualidade de vida da pessoa com deficiência intelectual e a construção de uma sociedade justa e inclusiva promovendo condições que favoreçam sua autonomia, dignidade, participação social, inserção mais plena na vida comunitária.
 
Política da Qualidade
Melhorar continuamente a qualidade dos serviços prestados na área social, saúde e educação, visando aumentar a satisfação de seus alunos, assistidos e familiares.
 

Área de Atuação.

SAÚDE - CENTRO CLÍNICO AMBULATORIAL

Os serviços de saúde oferecidos pela APAE estão pautados nas diretrizes do SUS e da Política Nacional de Saúde da Pessoa com Deficiência Intelectual. Dentro da área da saúde é oferecido o Programa de atendimento clinico ambulatorial, onde os objetivos são de habilitar e reabilitar a pessoa com deficiência intelectual na sua capacidade funcional e desempenho humano.

Atualmente são feitos 19425 atendimentos anuais, em média, com uma equipe formada pela Coordenação Técnica, Psicólogos, Assistente Social, Pedagogos, Terapeuta Ocupacional, Fonoaudiólogo, Fisioterapeuta, Enfermeiros, Nutricionista e Fisioterapeuta/Hidroterapia, além das Especialidades médicas como Psiquiatria, Neuropediatria, Clínica Geral, Cardiologia,  Pediatria.

Ações desta área de atuação:

Triagem/Acolhimento e Avaliação Multidisciplinar - A triagem e o acolhimento são iniciados pelo serviço social através de inscrição e direcionados para áreas de atuação.

Momento da Notícia - Oferece apoio aos pais que chegam à entidade, através do acolhimento aos mesmos e demais familiares, atuando como facilitador no processo de assimilação da notícia, oferecendo apoio psicológico, buscando contemplar suas necessidades emocionais imediatas.

Estimulação Essencial - Promove o desenvolvimento integral e a inclusão global da criança com deficiência intelectual e múltipla através de um ambiente rico em estímulos (sensorial / visual / auditivo / linguagem).                                             

Apoio e Atendimento Terapêutico a Inclusão Escolar - Assiste, orienta e assessora as escolas que recebem crianças e adolescentes com deficiência intelectual e/ou com Atraso Global do Desenvolvimento Neuropsicomotor, bem como o apoio transdisciplinar a estas crianças e adolescentes incluídas na rede regular de ensino e seus familiares.

Atendimento Clínico - O atendimento clínico garante que o assistido seja atendido nas suas necessidades, promovendo evolução global.  

 

EDUCAÇÃO

A APAE Valinhos, desde 21 de fevereiro de 1986, mantém internamente a Escola de Educação Especial “Maria Antonia Celani,” de educação básica, atendendo crianças, jovens e adultos na modalidade de Educação Especial dos níveis de Ensino fundamental e Educação de Jovens e Adultos.                                          

Na perspectiva da educação inclusiva efetiva da criança e do adolescente na rede regular de ensino do município, a APAE atende o aluno matriculado na rede, no contra-turno escolar, proporcionando apoio pedagógico e terapêutico além da oferta de assessorias pontuais aos profissionais da rede (desde a educação infantil ao ensino fundamental) no AEE (Atendimento Educacional Especializado).

Educação Infantil

A educação infantil é a primeira etapa da educação básica, tendo como finalidade o desenvolvimento integral da criança, em seus aspectos físicos, emocionais, intelectuais e sociais, complementando a ação da família e da comunidade.

Por se tratar de um processo educacional, tem uma ação globalizada sobre a criança, através de atividades focadas nas necessidades e possibilidades de cada criança.

Ensino Fundamental.

Segunda etapa da Educação Básica e realiza por meio de conteúdos curriculares que integram conhecimentos úteis  ao exercício da cidadania, incorporados a valores éticos que contemplem a auto-estima do aluno e atitudes adequadas ao convívio social.

Sócio Educacional.

O atendimento sócio-educacional é ofertado aos alunos que apresentam necessidades especificas, onde as atividades realizadas são direcionadas para habilidades da vida prática e diária, com adaptações curriculares adequadas a cada aluno.

Neste atendimento é utilizada a proposta do Currículo Funcional Natural visando facilitar o desenvolvimento de habilidades essenciais necessárias a vida prática.

Atendimento Educacional Especializado (AEE).

Destina-se prioritariamente ao atendimento educacional especializado aos alunos com deficiência intelectual, que estejam incluídos nas classes do ensino comum das Escolas vinculadas a Secretaria da Educação do Município de Valinhos.

 

ÁREA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL

CARACTERIZAÇÃO DOS SERVICOS PRESTADOS SUBVENCIONADOS NA ÁREA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL

A APAE, como Entidade de Defesa de Direitos da Pessoa com Deficiência Intelectual e/ou Múltipla,  oferece aos seus assistidos dentro do Serviço de Proteção Especial de Média Complexidade os seguintes Programas: Atendimento psicossocial e promoção à família, Centro de Convivência (Programa Apoio e orientação ao envelhecimento da pessoa com deficiência intelectual), Educação Profissional, Inserção no Mercado de Trabalho e Período Integral, AutoGestão e AutoDefensoria e inclusão Social. Também existe um trabalho voltado para apresentações teatrais com um grupo formado com alunos e o grupo de percussão que se apresentam em diversos eventos da região.

Centro de Convivência “Padre Leopoldo”

Programa de Apoio ao Envelhecimento, abrange a clientela adulta e idosa, sendo um programa que proporciona à pessoa com deficiência Intelectual condições de vivenciar situações que gerem bem estar físico, mental e ocupacional, garantindo assim resultados positivos para sua realização pessoal.

Programa de Educação Profissional e Inserção no Mercado de Trabalho.

Este programa tem como objetivo a base necessária para a profissionalização (Educação Profissional), e a empregabilidade da pessoa com deficiência intelectual visando sua inserção no mercado competitivo, com qualidade e equidade de oportunidades. 

Diretoria Executiva - Clique aqui para download do conteúdo completo
Saúde - Clique aqui para download do conteúdo completo
Educação - Clique aqui para download do conteúdo completo
Assistência Social - Clique aqui para download do conteúdo completo

Voluntariado.

A APAE atende aproximadamente 330 pessoas com deficiência intelectual ligada a outras deficiências nas três áreas de atuação: Saúde, Educação e Assistencia Social. Temos um grande numero de funcionários, são 74 no total e mais prestadores de serviços, além de médicos que atendem na entidade. Nosso custo para manter toda a estrutura é relativamente alto se comparado com a verbas que recebemos nas esferas municipal, estadual e federal, ou seja: caracteriza apenas 55% de um custo que pode variar entre R$ 220.000,00 a R$ 250.000,00 por mês.

Se atualmente temos 330 pessoas atendidas diariamente, temos de computar os familiares que recebem atendimento indireto pelos canais de psicologia e serviço social aumentando a demanda e multiplicando os serviços internos.

A APAE tem a necessidade imediata de serviço voluntário, nas áreas de atuação e na área  administrativa com a digitação de cupom fiscal onde a entidade se beneficia do programa da Nota Fiscal Paulista.

Todo trabalho voluntário é registrado e documentado, mas importante destacar que para quem faz, recebe em troca  um grande beneficio que é a satisfação pessoal de fazer o bem a quem precisa e se fortalecer como individuo, aliás a APAE tem como evidência a descrição e a satisfação de nosso voluntários que nada mais é do que: promover dignidade transformando talento em solidariedade.

 

 

Parceiros.

A APAE agradece aos parceiros que acreditam em nosso trabalho e que ao longo dos anos têm contribuído para a melhoria e eficácia dos nossos serviços. Temos como meta a melhoria contínua baseada na política de qualidade que é melhorar a cada dia a qualidade dos serviços prestados na área social, saúde e educação visando aumentar a satisfação de nossos alunos, assistidos e familiares.

A vocês parceiros o nosso muito obrigado!

Para quem deseja ser um parceiro APAE, entre em contato conosco, e nos ajude a manter o sorriso no rosto de nossas crianças.

Envie seu Curriculum